sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Cada vez mais os resíduos são e deverão ser vistos não como lixo, mas como recurso.


Cada vez mais os resíduos são e deverão ser vistos não como lixo, mas como recurso.
Assim, a recuperação e reciclagem dos materiais é fundamental para a valorização dos resíduos.

Regras a seguir:
  • Escorra e enxague as embalagens usadas para evitar maus-cheiros;
  • Sempre que possível, amasse as embalagens usadas para reduzir o espaço que ocupam e facilitar o transporte;
  • Retire as rolhas e tampas pois são, normalmente, de material diferente da embalagem.
    Reduzir a quantidade de lixo que cada um de nós produz.
    Reutilizar, escolhendo produtos e embalagens que possam ser utilizadas várias vezes.
    Reciclar alguns componentes do lixo, de preferência se o separarmos na origem.

Plástico


Depositar:
Garrafas, garrafões e frascos de:

- água
- sumos e refrigerantes
- vinagre
- detergentes e produtos de higiene
- óleos alimentares

Sacos de plástico
Esferovite
Pacotes de leite e bebidas (ECAL)*
Iogurtes

*embalagens de cartão para alimentos líquidos

Não depositar:
Embalagens de produtos tóxicos ou perigosos, por ex.: combustíveis e óleo de motor.


Metal




Depositar:                                          Não Depositar:
- latas de bebidas                              Electrodomésticos
- latas de conserva                             Pilhas e baterias
- tabuleiros de alumínio                      Objectos que não sejam embalagens, por ex:
- aerossóis vazios                              tachos e panelas, talheres, ferramentas, etc.
- metalizados

Papel e Cartão


Depositar:
- embalagens de cartão, por ex.: caixas de cereais; bolachas, etc
- sacos de papel
- papel de embrulho
- jornais e revistas
- papel de escrita

Não depositar:
- embalagens de cartão com gordura, por ex.: pacotes de batatas fritas, caixas de pizza
- sacos de cimento
- embalagens de produtos químicos
- papel de alumínio
- papel autocolante
- papel de cozinha, guardanapos e lenços de papel sujos
- toalhetes e fraldas


Vidro

Depositar:                         Não depositar:
- Garrafas                       - Louças e cerâmicas (pratos, copos, chávenas, jarras, etc.)
- Garrafões                     - Materiais de construção civil
- Frascos                       - Janelas, vidraças, espelhos, etc.
- Boiões                         - Lâmpadas

Pilhas
Depositar:

Pilhas (salinas e alcalinas, de botão, de lítio e recarregáveis) e acumuladores - baterias recarregáveis (baterias de níquel cádmio, níquel metal híbrido e de iões de lítio).

Estas pilhas e acumuladores serão armazenados em condições de segurança e encaminhadas para valorização onde, através de vários processos, se separam e recuperam os diversos materiais que as constituem.
Nota: As pilhas são resíduos perigosos. Uma simples pilha pode contaminar 3000 litros de água!
Alguns aspectos negativos das lixeiras

- Contaminação das águas.
- Contaminação dos solos.
- Maus cheiros.
- Provocam incêndios.
- Formação de focos de doenças.
- Problemas paisagisticos.
- Problemas de sobrevivência de alguns seres vivos.



Algumas vantagens da Reciclagem:



- Economiza e reduz a procura de energia;
- Reduz a quantidade de matérias-primas necessárias para o fabrico de novos produtos;
- Reduz a quantidade de resíduos depositados em aterro;
- Protege a biodiversidade;
- Reduz o aquecimento global;
- Reduz a poluição da água;
- Reduz a poluição do ar;
- Reduz a quantidade de resíduos sólidos;
- Reduz a destruição de habitat


Por um Mundo melhor...
 Pedro Gonçalo C. S. Silva