Mostrando postagens com marcador camu-camu. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador camu-camu. Mostrar todas as postagens

sábado, 9 de março de 2019

Conheces o camu-camu?? Mais uma riqueza da amazônia.


Resultado de imagem para camu camu
Nome científico: Myrciaria dubia

O camu-camu, caçari, ou araçá-d'água é uma pequena árvore pertencente a família Myrtaceae. Disperso em quase toda a Amazônia, é encontrado no estado silvestre nas margens dos rios e lagos. Em seu habitat natural a planta pode permanecer submersa por 4 a 5 meses! Por isso seu bom desenvolvimento está atrelado à água. Na terra firme, onde o camu-camu tem demonstrado boa adaptação, a floração ocorre durante praticamente o ano inteiro.

A árvore frutifica de novembro a março e os frutos têm valor nutritivo e sabor ácido, motivo pelo qual na  Amazônia peruana sejam bastante consumidos no preparo de refresco, sorvete, picolé, geléia, doce, licor, ou para conferir sabor a tortas e sobremesas. Aqui no Brasil, é mais costume que sejam tidos apenas como tira-gosto ou isca para peixe, sendo este o principal dispersor das sementes.

O valor mais latente em se consumir os frutos está no alto teor de vitamina C (30 vezes mais do que a laranja), geralmente com 2800 mg/ 100g de fruto, podendo chegar a mais de 6.000 mg/ 100 g do fruto, contra uma média de 1.700 mg/ 100 g da acerola. A fruta com mais alto teor de vitamina C no mundo é a australiana Kakadu plum, após ela é o Camu-camu!