sexta-feira, 28 de abril de 2017

Castanha Portuguesa, suas flores atraem abelhas

Estamos em época castanha-portuguesa. No verão, elas nos proporcionam uma sombra maravilhosa. No outono, suas folhas caem anunciando a chegada do inverno. 

As sementes são na verdade as castanhas e se apresentam 

em número de uma a três, guardadas por um invólucro espinhoso, conhecido por ouriço. 
São muito saborosos e apreciados em diversos pratos, cozidos, assados ou crus.
 Para a produção de castanhas, é necessário o plantio de mais de uma árvore, pois não 
realiza a autopolinização.
 É conhecida também por suas propriedades medicinais, no combate a diarréia e problemas respiratórios. 


O florescimento exuberante da castanheira atrai abelhas.


Deve ser cultivada sob sol pleno, e prefere solos arenosos e profundos. Tolerante a solos 

ácidos e a seca, quando
 bem estabelecida. Árvore decídua, de clima mediterrâneo, adapta-se a uma ampla faixa 
climática, de temperados

 a tropicais. Multiplica-se por sementes plantadas logo após a colheita.


Nome popular: castanha; castanheiro-europeu
Nome científico: Castanea vesca Gaertn
Família botânica: Fagaceae
Origem: Europa
Características da planta: Arvore que pode atingir até 30 m de altura, tronco com casca ligeiramente fissurada de coloração castanho-escura. Folhas grandes com bordos serreados,


 rígidas e brilhantes. 
Flores pequenas agrupadas em uma haste longa de coloração esbranquiçada.
Fruto: Arredondado, de casca armada de espinhos, firmes e pontiagudos contendo a 

semente grande, de coloração castanha.










Cultivo: Adapta-se a regiões de clima temperado, preferindo locais de solo calcário. 

Espécie de rápido crescimento, no Brasil é cultivada do estado de São Paulo ao 
Rio Grande do Sul. Frutifica de janeiro a fevereiro.


O castanheiro, castanheiro-português ou ainda castanheiro-europeu, como pode muito bem 

ser chamado em terras brasileiras, é árvore proveniente da Europa.


A castanha deve seu nome à cidade de Castana, localizada na antiga Tessália, na Grécia, 

onde, até nossos dias, é cultivada em escala comercial. No Brasil, a planta se adaptou 
bem nas regiões onde o clima é temperado-quente com verões suaves, nas altitudes dos
 planaltos e serras do sul e do sudeste do pais.


O castanheiro é árvore de notáveis dimensões e de grande longevidade, desenvolve-se

 aceleradamente por volta dos 10 anos de idade, atinge sua altura máxima entre os 60 e
 70 anos e vive, em média, 150 anos.


Fonte: cogumelosyamashita.com/Castanha%20Portuguesa
Fonte http://familialuzdemotorhome.blogspot.com.br/2012/02/castanha-portuguesa.html