quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Herbicida natural a base de repolho. vamos testar?

Herbicida Natural, uma dica? e sua receita...

fonte:http://oextensionista.blogspot.com.br/2012/02/herbicida-natural-uma-dica-e-sua.html#.VAXx4cVdWSw

Recentemente em Vazante, Minas Gerais, testamos um herbicida natural feito com REPOLHO
 (resultados nas foto 1, 2 e 3). Não sou muito favorável com técnicas ou ações deste tipo na agricultura.

 No entanto, temos uma cultura veneneira tão desgraçadamente invadida que desde o mais pobre 
agricultor ao mais rico fazendeiro, quando o causo e mato, se fala em aplicar o Herbicida, 
principalmente o Roundup da empresa Monsanto, o "mata-mata" ou "mata-mato"...

Na Agroecologia se falam muito em transição. Transição da agricultura convencional para a agroecológica. 
Uma diminuição do uso de agrotóxicos e adubos químicos gradativamente até cessar totalmente seu uso e, 
a posterior, redesenho do manejo agroflorestal na propriedade produtiva. Neste caso, o "herbicida natural" 
teria uma estratégia importante dentro da agroecologia, tanto para tirar a cultura veneneira imposta, 
como também, para cessar de vez com o uso do veneno e suas transições.

O mato surge para curar o manejo errado - gradagem, subsolagem, aração, etc. - em solos tropicais
 brasileiros, devido ao arcaísmo técnico. São eles que protegem a carne nua e exposta ao sol e às 
chuvas fortes, amortecendo-as; traz grande diversidade de raízes que dão vida ao subsolo e disponibiliza 
nutrientes nas camadas mais superficiais, como também, mais profundas. Portanto, deixar crescer
 o mato e depois cortá-lo é o manejo mais certo a ser aplicado em solos tropicais.


Podemos neste tipo de ação física e biológica, enriquecer o mato e o solo, a posterior, plantando 
uma muvuca de sementes contendo uma diversidade de espécies leguminosas e gramíneas. 
Chamada de Adubação verde, representa a adubação nitrogenada, potássica, fosfórica, etc. 
através de plantas. Enriquecer o mato anteriormente ao corte, com pulverizações de biofertilizantes 
a base de Fosfito - fósforo livre, processo de combustão lenta da palha de arroz + farinha de ossos
 moída, fortalecera a adubação. 

Não aconselho o uso do herbicida pelo fato da rápida secagem, podendo haver perda de nutrientes e
 quebra de uma cadeia alimentar importante no solo, pois na sua síntese, a matéria orgânica, gerada ou 
plantada, colocada ou natural, deverá passar pela faze biológica em transformações húmica e úmida
 pelos microorganismos. Os nutrientes presentes no mato cortado ou na adubação verde irão alimentar 
bilhões de micro vidas no solo para depois ser utilizado pelas plantas que desejamos. Nossa interferência 
na teia alimentar deverá ser mínima.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------
Receita do herbicida natural: cortar em pedaços 3 kg de Repolho e deixar de molho em 10 litros de
 água. Deixar num lugar sombreado, ventilado e tampar o recipiente por 21 dias. Mexer um pouco às vezes.
 Diluir 1 litro da solução coada em 10 litros de água e pulverizar. Para se fazer a desecagem do feijão, soja,
 etc, para a colheita, misturar 1 kg de sal iodado. O sal também pode se misturar para a aplicação sobre o
 mato, intensificando a ação da secagem. Somente o Repolho já dá um bom resultado, veja as fotos abaixo.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------
Outras plantas foram estudadas e possui efeito herbicida natural: feijão-de-porco (uma leguminosa) batata,
 folhas de goiabeiras. No caso do feijão-de-porco somente o teu plantio e depois o corte, inibe o crescimento
 de plantas espontâneas.

Deixem o MATO crescer e depois cortem; simples assim. O MATO não MATA!
Abraços

Oliver Blanco

Foto 1. Local de aplicação do herbicida a base de Repolho.

Foto 2. Ação do herbicida de repolho em folhas largas e finas.

Foto 3. Comparação de uma área onde foi aplicado o herbicida e outro não.


fonte:http://oextensionista.blogspot.com.br/2012/02/herbicida-natural-uma-dica-e-sua.html#.VAXx4cVdWSw

6 comentários:

Gilvando Francisco disse...

Posso usar o herbicida sem prejudicar a lavoura?

alexandre e alana disse...

É um produto natural a base de repolho, que precisa ser testado. sucesso!

Roberto CORREA ANDRADE disse...

Eu considero, trocar de erva "daninha" para conservar o solo. Quem já enfrentou as sementeiras de braquiária, sabe o que estou dizendo. E esse é o problema. As sementes que ficam para a posteridade. Atingir o estágio de controle não é nem um pouco fácil ou rápido, mas enquanto isso não aocntece, a gente tem que sobreviver.

Cléia disse...

Muito bom Oliver, e alguns matos também se come, e não precisa nem capinar, nem controlar doenças e ataques de insertos e nada, só colher e comer, verdadeiras iguarias! O problema é enfrentar a pressa dos produtivistas...

Unknown disse...

Passa a receita concentrada por favor.obrigada...

panerai pereira disse...

Receita do herbicida natural: cortar em pedaços 3 kg de Repolho e deixar de molho em 10 litros de
água. Deixar num lugar sombreado, ventilado e tampar o recipiente por 21 dias. Mexer um pouco às vezes.
Diluir 1 litro da solução coada em 10 litros de água e pulverizar. Para se fazer a desecagem do feijão, soja,
etc, para a colheita, misturar 1 kg de sal iodado. O sal também pode se misturar para a aplicação sobre o
mato, intensificando a ação da secagem